Leitores

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Efeito do Tempo e as Amizades

Esse tema foi sugerido por um amigo que, curiosamente, passou a fazer parte de meu círculo de amizades há pouco tempo (nem por isso menos importante que os de longa data). Entendo que cada um de nós representa um complexo e fascinante sistema de engrenagens que necessita de manutenção esporádica adequada. É sempre muito fácil aceitar tudo que nos é semelhante, tudo que nos identificamos. Difícil, porém muito mais estimulante, é aceitar as diferenças. Muitas vezes, nos ocupamos demais em moldar quem participa de nosso convívio de acordo com nossas expectativas, mas não podemos programar a atitude dos outros. Podemos responder por nossos atos, mas não me parece saudável esperar reciprocidade integral. Melhor seria conhecer a si próprio e compreender o próximo.
Assim como tudo que existe, a amizade sofre a ação do tempo e é comum que haja desgastes que necessitem de atenção, mas isso não nos torna menos preciosos. Certos níveis de amizade são resistentes aos efeitos do tempo e espaço, prevalecendo seu frescor independente de distância e período. Cada qual segue seu caminho e não devemos lamentar as idas e vindas, mas sim promover a celebração dessas múltiplas trajetórias.
Ideias contrárias, divergências, críticas... Tudo isso pode ser muito bem-vindo, desde que sejamos flexíveis e saibamos reconhecer o que nos acrescenta. O que sobrar, que nos sirva de alicerce para solidificar nossas relações, pois nos dará o conhecimento necessário para pisarmos com segurança.
Longe de ser uma ciência exata, a amizade também segue suas lógicas... De preferência, mais para biológicas que cronológicas.

11 comentários:

Glaucia disse...

Amizades são enriquecedoras!
Na minha vida são fundamentais!
Você fala com sabedoria sobre essa relação! Parabéns!
Você que também é...meu melhor amigo!

Amanda Herdt disse...

Se relacionar com o ser humano é realmente muito complexo. Mas o que faz toda a diferença é a forma em que aprendemos diariamente é se disprender de qualquer tipo de idéia pré - concebida de alguém e deixar que pessoas que nos interessam,façam parte de nossas vidas.
Amigos são como anjos!
Parabéns, meu grande amigo.
Bisous * - *

Claudio disse...

Talvez pareça lugar comum, mas definitivamente, o tempo é o senhor da razão. Suas palavras sintetisam de forma concisa o quanto as relações e o tempo tendem para uma sintonia fina, primeiramente consigo mesmo, para na sequência nos tornarmos mais fraternos e compreensíveis à toda forma de diversidade.Ver um pouco de si no outro nos permite desfrutar o tempo não como uma prisão mas como um pricipio de liberdade. Obrigado pelos tempos compartilhados juntos ou à distância.

Fernanda disse...

Coincidentemente, estava com texto sobre o tema.
rs

Geny disse...

A amizade... Nem mesmo a força do tempo irá destruir.
Excelente texto. Um abraço e tenha um lindo domingo.

Sueli Gallacci disse...

QUERIDÍSSIMOS AMIGOS!!!

Neste final de ano quero desejar a todos vocês uma paz imensa! Saúde transbordante! Dias inundados de conquistas! E um oceano de felicidade!

Obrigada pelas visitas, doces palavras e todo o carinho a mim dedicados nesses meus oito meses de vida blogueira!

Vocês fizeram mais do que enfeitar os meus blogs, fizeram toda a diferença na minha vida!

Amo vocês!
Sueli Gallacci.

Unknown disse...

Amo ser sua amiga!
Bjos de bolhas.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

O que seríamos nós sem os nossos verdadeiros amigos, não é mesmo?
Parabéns pelo texto, gostei bastante!

Happy new year!

Abração,
Jefferson.

P.S.: Você recebeu meu e-mail.

Gomez disse...

bem... finalmente visitei o seu blog e me interessei por esse tema, até pq esse texto é o tema da nossa amizade de longa data... e q permanecerá por mt tempo ainda...
um forte abraço meu amigo!!!!!

Unknown disse...

Fala Cliver gostei bastante deste teu ponto de vista é uma situação atípica que envolveu pessoas de realidades opostas.Ótimo texto,um abraço do amigo Anderson Black,fui...