Leitores

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Efeito do Tempo e as Amizades

Esse tema foi sugerido por um amigo que, curiosamente, passou a fazer parte de meu círculo de amizades há pouco tempo (nem por isso menos importante que os de longa data). Entendo que cada um de nós representa um complexo e fascinante sistema de engrenagens que necessita de manutenção esporádica adequada. É sempre muito fácil aceitar tudo que nos é semelhante, tudo que nos identificamos. Difícil, porém muito mais estimulante, é aceitar as diferenças. Muitas vezes, nos ocupamos demais em moldar quem participa de nosso convívio de acordo com nossas expectativas, mas não podemos programar a atitude dos outros. Podemos responder por nossos atos, mas não me parece saudável esperar reciprocidade integral. Melhor seria conhecer a si próprio e compreender o próximo.
Assim como tudo que existe, a amizade sofre a ação do tempo e é comum que haja desgastes que necessitem de atenção, mas isso não nos torna menos preciosos. Certos níveis de amizade são resistentes aos efeitos do tempo e espaço, prevalecendo seu frescor independente de distância e período. Cada qual segue seu caminho e não devemos lamentar as idas e vindas, mas sim promover a celebração dessas múltiplas trajetórias.
Ideias contrárias, divergências, críticas... Tudo isso pode ser muito bem-vindo, desde que sejamos flexíveis e saibamos reconhecer o que nos acrescenta. O que sobrar, que nos sirva de alicerce para solidificar nossas relações, pois nos dará o conhecimento necessário para pisarmos com segurança.
Longe de ser uma ciência exata, a amizade também segue suas lógicas... De preferência, mais para biológicas que cronológicas.

11 comentários:

Glaucia disse...

Amizades são enriquecedoras!
Na minha vida são fundamentais!
Você fala com sabedoria sobre essa relação! Parabéns!
Você que também é...meu melhor amigo!

Amanda Herdt disse...

Se relacionar com o ser humano é realmente muito complexo. Mas o que faz toda a diferença é a forma em que aprendemos diariamente é se disprender de qualquer tipo de idéia pré - concebida de alguém e deixar que pessoas que nos interessam,façam parte de nossas vidas.
Amigos são como anjos!
Parabéns, meu grande amigo.
Bisous * - *

Claudio disse...

Talvez pareça lugar comum, mas definitivamente, o tempo é o senhor da razão. Suas palavras sintetisam de forma concisa o quanto as relações e o tempo tendem para uma sintonia fina, primeiramente consigo mesmo, para na sequência nos tornarmos mais fraternos e compreensíveis à toda forma de diversidade.Ver um pouco de si no outro nos permite desfrutar o tempo não como uma prisão mas como um pricipio de liberdade. Obrigado pelos tempos compartilhados juntos ou à distância.

Fernanda disse...

Coincidentemente, estava com texto sobre o tema.
rs

Geny disse...

A amizade... Nem mesmo a força do tempo irá destruir.
Excelente texto. Um abraço e tenha um lindo domingo.

M. Sueli Gallacci disse...

QUERIDÍSSIMOS AMIGOS!!!

Neste final de ano quero desejar a todos vocês uma paz imensa! Saúde transbordante! Dias inundados de conquistas! E um oceano de felicidade!

Obrigada pelas visitas, doces palavras e todo o carinho a mim dedicados nesses meus oito meses de vida blogueira!

Vocês fizeram mais do que enfeitar os meus blogs, fizeram toda a diferença na minha vida!

Amo vocês!
Sueli Gallacci.

Marli disse...

Amo ser sua amiga!
Bjos de bolhas.

Jefferson de Morais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jefferson de Morais disse...

O que seríamos nós sem os nossos verdadeiros amigos, não é mesmo?
Parabéns pelo texto, gostei bastante!

Happy new year!

Abração,
Jefferson.

P.S.: Você recebeu meu e-mail.

Eduardo disse...

bem... finalmente visitei o seu blog e me interessei por esse tema, até pq esse texto é o tema da nossa amizade de longa data... e q permanecerá por mt tempo ainda...
um forte abraço meu amigo!!!!!

Black disse...

Fala Cliver gostei bastante deste teu ponto de vista é uma situação atípica que envolveu pessoas de realidades opostas.Ótimo texto,um abraço do amigo Anderson Black,fui...