Leitores

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Perfeitos

_ Feliz aniversário de namoro!
_ Feliz aniversário de namoro!
_ Quem diria... Faz cinco meses que nos conhecemos naquela feira de livros!
_ Parece que foi ontem. Você estava linda com aquele vestido.
_ E você todo charmoso de gravata!
_ Sabe, eu já tinha perdido as esperanças de encontrar alguém como você. Você é perfeita!
_ Hmm... Obrigada! Também adoro estar com você.
_ Sério mesmo. Já me decepcionei tanto com mulheres loucas, ciumentas, compulsivas, burras... Todas tinham algum defeito, mas você não. Você é tudo que sempre sonhei.
_ Você é encantador...
_ Gostou do restaurante?
_ Sim, é belíssimo. Assim como tudo que você faz é lindo.
_ Eu te amo.
_ Também te amo.
_ Um brinde à perfeição!
_ Um brinde ao nosso amor!
_ Bom, melhor comermos, o jantar parece estar maravi... Ei?! O que você está fazendo?
_ Como assim?
_ Por que está segurando o garfo com a mão esquerda?
_ Ora, eu sou canhota. Nunca percebeu?
_ Confesso que estou surpreso...
_ Algum problema?
_ Sei lá... É meio estranho, né?
_ Como assim?? Isso é normal! Muitas pessoas por aí são canhotas.
_ Muitas pessoas têm câncer e eu não considero isso algo normal.
_ Acha que isso é alguma doença?!
_ Já tentou corrigir isso? Tem tratamento? Você podia imobilizar a esquerda e apenas usar a direita. Com o tempo você acaba se acostumando...
_ Não acredito que estou ouvindo isso!
_ Sabe o que é? É que sempre desejei encontrar a mulher perfeita e eu não contava com essa sua anomalia.
_ Pelo amor de Deus! Sou carinhosa, atenciosa, linda, inteligente... O fato de eu não ser destra configura um defeito?? Se enxerga, você também não é perfeito!
_ Ah, é? O que eu tenho de errado?
_ Ora, esses pêlos aí da sua orelha, por exemplo!
_ Do que você está falando? São só uns pelinhos!
_ São horríveis! Me dão nervoso! Parece uma moita!
_ Mas isso se resolve com uma tesoura e uma pinça, já seu caso é bem mais grave.
_ Chega! Não sou obrigada a ficar aqui ouvindo esses absurdos! Vou embora!
_ Ai, droga...
_ Que foi?
_ Esqueci minha carteira no carro.
_ Está dizendo para eu pagar a conta? Você é muito cara-de-pau mesmo!
_ Olha, desculpe... Acho que ando exigente demais. Pode me perdoar? Juro que serei mais tolerante com você.
_ Hmmm... Que gracinha! Tudo bem, meu peludinho lindo. Vou pedir a conta e vamos continuar nossa comemoração lá no seu apartamento, que tal?
_ Vai pagar com cheque?
_ Vou, por quê?
_ E vai assinar com a mão esquerda?! Na frente de todo mundo?!
_ Você é ridículo...

6 comentários:

Fernanda disse...

rsrsrs
ridiculo!

M. Sueli Gallacci disse...

Oi Cliver, que bom que te encontrei!!!

Estou na web blogando novamente depois de um longo período of...

Maravilho ler teus textos sempre cheios de encantos e muito humor.
Vc escreve com tanta propriedade... adorooooooo

Um Bjo enorme!

Sueli Gallacci

ferafelina disse...

rsrsrs
Adorei!

Bjos

Amanda Herdt disse...

Rsrsrs.
Que preconceito com nossa classe. Rsrsrs...As pessoas mais inteligentes e referências no mundo eram canhotas, sabia? Se prepare meu amigo, que os canhotos vão dominar o mundo,aliás, já dominaram.Yeah!
Belíssimo texto
Bisours.

Camila Silva disse...

amei amei amei!

Jefferson de Morais disse...

hahaha
Adoro!
Acabou que me identifiquei com alguma(s) coisa(s)... rs
Abração,
Jefferson de Mora.i.s